10 maneiras de aproveitar o Parque da Redenção aos domingos


Publicado por hagah , atualizado em 14/07/2015

O Parque Farroupilha, ou Redenção como é popularmente conhecido, é um símbolo da capital gaúcha. Fundado em 1935, o local é muito frequentado por porto-alegrenses e turistas durante o final de semana, seja para tomar um chimarrão, passear com o cachorro ou simplesmente caminhar pelo Brique. Se você ainda não conhece o lugar, ou quer saber o que de melhor ele tem a oferecer, confira os 10 motivos para visitar a Redenção: 

Andar no pedalinho 
Todo visitante que se preze precisa andar pelo menos uma vez nos pedalinhos. Trata-se de um clássico. Em formato de cisne, são uma ótima opção de programa romântico e tranquilo. Os passeios acontecem diariamente, das 9h30 às 18h, e custam entre R$ 5 e R$ 10. 

Brincar no Parquinho da Redenção 
Se o que você gosta mesmo é parque de diversões, não se preocupe, a Redenção também tem um. O parquinho tem 15 brinquedos à disposição, como o carrossel, a roda-gigante e o barco pirata. O funcionamento é de terça a sexta, das 14h às 18h, e sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h. 

Passear no Brique da Redenção
Como uma música bem conhecida dos porto-alegrenses já diz, o Brique da Redenção é só alto astral. As tradicionais bancas na Avenida José Bonifácio representam a cultura e a história da capital gaúcha. Por isso, dar uma passada por lá, com uma cuia na mão e olhar atento às peças de artesanato, antiguidades, quadros e produtos coloniais é fundamental para quem quer aproveitar a Redenção.


 
Fotografar os monumentos
O Monumento ao Expedicionário (Arco da Redenção), a Fonte Luminosa (Chafariz) e o Espelho D’água todo mundo conhece. Mas você sabia que a Redenção tem mais 35 monumentos espalhados pelo parque todo? Então, na próxima vez que visitar o local, não se esqueça de procurar por eles para registrá-los na memória e em fotografias!


 
Tocar violão com os amigos
Quer lugar melhor para praticar suas habilidades musicais do que o Parque Farroupilha? Com muito verde em volta, é só juntar os amigos para ensaiar um Engenheiros do Hawaii, Nenhum de Nós ou qualquer outra banda clássica do rock gaúcho no próximo domingo. 


 
Passear com o seu cachorro 
Não são só as pessoas que aproveitam o Parque Farroupilha aos domingos; os amiguinhos peludos também podem! Em um espaço de mais de 37 hectares (370 mil metros quadrados), cachorros de todas as raças, grandes ou pequenos, podem correr, brincar e descansar com os seus donos.


 
Praticar esportes
A Redenção também é um ótimo lugar para praticar esportes. Correr, caminhar, andar de bicicleta ou treinar ao ar livre são algumas das opções. O parque conta com duas estações do BikePoa – serviço de bicicletas públicas de aluguel ao valor de R$ 10 por mês.


 
Fazer um piquenique com a família
Que tal preparar lanches bem gostosos, pegar uma toalha e sentar em roda com a família para um piquenique na Redenção? O parque conta com vários espaços e gramados ideais para a atividade. 


 
Comer churros das carrocinhas
Agora, se você não tem tempo ou não quer preparar umas guloseimas para comer no parque, o jeito é passar pelas dezenas de carrocinhas e comprar um churros. De doce de leite, o famoso “mumu”, ou de chocolate, a sobremesa tem um preço bem acessível e representa muito bem os passeios de domingos na Redenção. 

Tomar chimarrão
É claro que a tradição maior dos gaúchos não poderia ficar de fora dessa lista. No próximo domingo, acorde mais cedo, separe a erva, a cuia e a mateira e se mande para a Redenção! 

E aí, curtiu a nossa lista? Faltou alguma coisa? Deixe o seu comentário!

Parque Farroupilha (Redenção)

Projetado pelo urbanista francês Alfredo Agache, o Parque Farroupilha possui 38 monumentos, entre eles o Monumento ao Expedicionário e a Pira da Pátria.
Caracteriza-se por ser frequentado por público variado e tornar-se palco de diversos eventos e manifestações culturais. Além disso, o parque também proporciona aos visitantes contato com espécies nativas e exóticas da flora e animais que o habitam.
Outros destaques são os Orquidários, Mercado Bom Fim, Espelho D'Água e os Recantos que fazem alusão à cultura, arquitetura e religiosidade de vários povos.
Para complementar os momentos de lazer o parque oferece variadas opções, desde pedalinhos, passeios de trenzinho, bares e cafeterias.
Aos sábados e domingos, o local abriga o Brique da Redenção contemplando o artesanato gaúcho. Em sua estrutura ainda possui um ponto de Wireless que disponibiliza acesso gratuito à Internet, situado próximo ao Café do Lago.