10 parques no RS para tomar chimarrão no estado


Publicado por hagah em 19/09/2011 , atualizado em 24/04/2017

Aproveite o feriado para passear em um parque e homenagear o gauchismo de um jeito bem tranquilo: tomando um chimarrão bem amargo com a família ou os amigos. O inverno já está chegando e o espetáculo da natureza da começou. Veja dicas em várias parte do Estado e aproveite a data também para conhecer novas paisagens:

Em Caxias do Sul
>>Parque dos Macaquinhos

Em Gramado
>>Lago Joaquina Rita Bier

Em Porto Alegre
>>Parque Germânia
>>Praça da Encol

Em Santa Cruz do Sul
>>Parque da Gruta

Em Rio Grande
>>Praça Xavier Ferreira

Em Torres
>>Parque da Guarita

Em Canoas
>>Praça do Avião

Em Viamão
>>Parque Estadual de Itapuã

Nova Petrópolis
>>Praça da República

Novo Hamburgo
>>Parcão

Parque Marinha do Brasil

O Parque Marinha do Brasil foi construído sobre o aterro da antiga Praia de Belas, situado entre as vias que ligam o Centro à Zona Sul da Capital.
Com mais de 70 hectares de área para lazer, o Parque Marinha é conhecido e frequentado por ser um local propício para a prática esportiva, dispondo de quadras de futebol de salão, tênis, vôlei, basquete além de pistas para patinação, skate, atletismo e ciclismo.
Disponibiliza aparelhos para ginástica, campos de futebol sete, vestiários, além de recantos infantis, espaço cívico, espelho d´água e três áreas de estacionamento.
Também se sobressai o eixo aquático, que corta e percorre 700 metros do parque, o recanto solar, para banhos de sol e o recanto da saudade, apreciado pelo seu belo pôr-do-sol.

Parque Moinhos de Vento (Parcão)

Conhecido como Parcão, o Parque Moinhos de Vento oferece diversas opções para lazer, como jogging, patinação, quadras de futebol, tênis, vôlei e aparelhos de ginástica. Possui espaços destinados ao público infantil com equipamentos artesanais, feitos de toras de eucalipto.
O Parque Moinhos de Vento conta com réplica de um moinho açoriano ao estilo dos existentes nos primórdios da cidade, constituindo uma forte atração turística. Cercado por um lago artificial o local é habitat de tartarugas, gansos, marrecos e peixes.
O moinho também abriga a biblioteca infantil, denominada Biblioteca Ecológica Maria Dinorah com mais de 2 mil títulos de literatura infanto-juvenil e ecológica, além de jogos educativos.
Outro símbolo do parque é o monumento de estilo arquitetônico moderno construído pelo artista Carlos Thenius, representando três guerreiros vigilantes.

Parque Farroupilha (Redenção)

Projetado pelo urbanista francês Alfredo Agache, o Parque Farroupilha possui 38 monumentos, entre eles o Monumento ao Expedicionário e a Pira da Pátria.
Caracteriza-se por ser frequentado por público variado e tornar-se palco de diversos eventos e manifestações culturais. Além disso, o parque também proporciona aos visitantes contato com espécies nativas e exóticas da flora e animais que o habitam.
Outros destaques são os Orquidários, Mercado Bom Fim, Espelho D'Água e os Recantos que fazem alusão à cultura, arquitetura e religiosidade de vários povos.
Para complementar os momentos de lazer o parque oferece variadas opções, desde pedalinhos, passeios de trenzinho, bares e cafeterias.
Aos sábados e domingos, o local abriga o Brique da Redenção contemplando o artesanato gaúcho. Em sua estrutura ainda possui um ponto de Wireless que disponibiliza acesso gratuito à Internet, situado próximo ao Café do Lago.