Chocolate Kit Kat volta a ser vendido no Brasil a partir deste sábado


Publicado por hagah em 17/06/2011

O chocolate da Nestlé mais vendido em todo o mundo volta ao Brasil. Atendendo aos pedidos dos consumidores, a Nestlé vai iniciar a venda de Kit Kat oficialmente dia primeiro de julho. Mas já neste sábado, dia 18 de junho, alguns hipermercados da rede Zaffari e Bourbon do Rio Grande do Sul vão começar a receber lotes do chocolate ao leite com wafer crocante.

O produto chega às gôndolas no momento em que a Nestlé comemora 90 anos de Brasil e Kit Kat completa 75 anos de história no mercado internacional. A importação do produto será realizada diretamente da Europa. Desta forma, os consumidores brasileiros terão acesso ao mesmo Kit Kat comercializado atualmente nos aeroportos internacionais, que se tornaram um dos “souvenirs” mais disputados em viagens ao exterior.

O lançamento estará disponível no Brasil inicialmente na versão “Four finger” (45g), formada por quatro pequenas barras, no tradicional sabor chocolate ao leite. A Nestlé manterá no Brasil o conceito “Have a Break. Have a Kit Kat” (“Dê um Tempo. Coma um Kit Kat”, na tradução para o português), criado na década de 50, que convida o público a dar uma parada em qualquer momento do dia de maneira saborosa.

O famoso chocolate foi lançado originalmente em Londres, no Reino Unido, em 1935. Nas décadas seguintes, a marca ganhou rapidamente popularidade e hoje está presente em mais de 70 países ao redor do mundo.

Curiosidades:
- A cada cinco minutos, são produzidas unidades de Kit Kat suficientes para ultrapassar a altura da Torre Eiffel.

- Um ano de produção de Kit Kat seria suficiente para percorrer mais de 350 vezes toda a rede de metrô de Londres.

- Lançado em 1935, como Chocolate Crisp, Kit Kat teve seu nome inspirado pelo KitKat Club, um clube literário de Londres do século XVIII. Somente em 1937, o chocolate passou a adotar o nome pelo qual ficou mundialmente conhecido

- O conceito “Have a Break, Have a Kit Kat” foi lançado oficialmente em 1958, com uma campanha para TV e veículos impressos. A ideia fez tanto sucesso que se tornou uma frase registrada, sendo utilizada até hoje em diferentes países.