Como limpar o ouvido corretamente


Publicado por hagah em 10/06/2011
Limpar ouvido com cotonete é um hábito comum entre os brasileiros, mas totalmente desaconselhado pelos médicos. Isso porque as hastes flexíveis acabam empurrando a cera para dentro do ouvido, o que pode causar inflamação.

“O uso contínuo de cotonete faz com que a pele comece a descamar. Ao longo do tempo pode causar eczema, uma inflamação crônica(dermatite) na pele do ouvido”, explica o otorrinolaringologista e professor da Universidade Federal do Paraná Rogério Hamerschmidt.

Outro problema, aponta o especialista, é que o uso desses pequenos objetos dá a falsa impressão de limpeza. “Na verdade, o cotonete não limpa; ele empurra ainda mais a cera para dentro do ouvido. Temos que lembrar que a cera é uma forma de proteção que o ouvido tem. Se a pessoa quiser usar o cotonete, até pode, desde que o uso seja apenas para retirar alguma sujeirinha mais visível”, sugere o médico. O ideal, aconselha Rogério, é fazer a limpeza com uma toalha, logo após o banho.

Causas das dores de ouvido

Várias são as causas das dores de ouvido. No inverno, por exemplo, é comum as crianças sofrerem com resfriados e gripes, e isso pode acabar evoluindo para uma otite (inflamação no ouvido). No verão, a causa mais comum é a inflamação da pele por causa da água. “Nessa época, muita gente toma banho em praias e piscinas. Nessas situações, é comum a água entrar no ouvido, o que pode gerar dor”, lembra o especialista.

Dicas para mergulhadores

Para as pessoas que fazem mergulho e querem evitar a dor de ouvido, o aconselhável é usar tampões de silicone, pois eles diminuem a entrada de água.

Pressão no ouvido: que tal um chiclete?

Masque chiclete quando estiver no avião ou estiver descendo a serra de carro. O ouvido se comunica com o nariz através da tuba auditiva e uma das funções é manter o equilíbrio do ouvido com o ambiente externo. “Quando descemos a serra, o canal se fecha porque há maior pressão, por isso sentimos aquele desconforto. Pra evitar isso, o ideal é mascar um chiclete porque quando a pessoa mastiga, o canal fica mais aberto e não deixa a pressão ser tão forte”. A mesma dica fica para quem viaja de avião, durante pousos e decolagens.