Pontos turísticos do Rio Grande do Sul que você não pode deixar de conhecer

Pontos turísticos do Rio Grande do Sul que você não pode deixar de conhecer

Publicado por hagah em 19/05/2011 , atualizado em 07/08/2015

Do Pôr do Sol de Porto Alegre, às belezas da Serra Gaúcha, são muitos os lugares que você precisa conhecer no Rio Grande do Sul. Para começar visitando os principais pontos turísticos, o hagah preparou um roteiro básico, com o que há de melhor dos destinos gaúchos. Confira: 

Usina do Gasômetro

Usina do Gasômetro photo 1

Localizada à beira do Guaíba, a Usina do Gasômetro é um dos mais
importantes centros culturais do Rio Grande do Sul. São 18 mil m² de
área, com três auditórios, cinco salas de uso múltiplo, anfiteatros para
vídeo e atividades diversas.
Dispõe de três espaços abertos para exposições, as galerias Iberê
Camargo e dos Arcos, sala de cinema (com 156 lugares) e área do Teatro
Elis Regina (com 300 lugares). Compreende ainda a Usina de Multimídia
composta pelo laboratório fotográfico, estúdio de gravação e videoteca.
Oferece também uma praça de variedades com dois cafés, choperia,
bicicletário, setor de informações turísticas, centro de documentação
com biblioteca e acesso gratuito à internet (situada no quarto andar).
Sua chaminé de 117 metros é referência geográfica e arquitetônica,
tombada pelo município em 1982. O local é ponto de partida de passeios
fluviais que contemplam os arquipélagos circunvizinhos.
O ponto turístico geralmente é presenteado pelo pôr-do-sol do lago,
sendo também palco para o conjunto escultório em homenagem à cantora
Elis Regina, obra do escultor paraibano Joás Pereira dos Passos, o
monumento segue a tendência de estátuas de convívio, caracterizadas por
permitir uma maior proximidade com o público.
Esculpido em bronze, o monumento de 1,65m retrata a intérprete Elis
Regina cantando sobre um disco de vinil, ladeada por um banco (ideal
para registros fotográficos) e com posicionamento voltado para o Guaíba.

Casa de Cultura Mario Quintana (CCMQ)

A Casa de Cultura Mario Quintana (CCMQ) é um dos centros culturais mais importantes do Brasil e está sediada no prédio do antigo Hotel Majestic, local onde o poeta gaúcho Mario Quintana morou entre os anos de 1968 e 1980.
Por sua estrutura e agenda de atividades, é também um ponto turístico reconhecido de Porto Alegre e recebe, mensalmente, a visita de mais de 40 mil pessoas.
O prédio, construído em estilo barroco no início do século, abriga, além das salas de cinema, teatros, galerias de arte, museus, bibliotecas, cafeterias e livrarias.
Transformado em espaço cultural em 1983, por meio de uma lei estadual, a recuperação e restauração do prédio foi concluída em setembro de 1990. A CCMQ possui sete andares, divididos em duas alas, e oferece atividades culturais em todas as áreas.

Catedral Metropolitana de Porto Alegre (Paróquia Nossa Senhora Mãe de Deus)

Catedral Metropolitana de Porto Alegre (Paróquia Nossa Senhora Mãe de Deus) photo 1

A Catedral Metropolitana é considerada um dos símbolos de Porto Alegre e motivo de orgulho da comunidade católica no estado. Sua história está ligada a fundação e desenvolvimento da cidade, uma vez que fora criada para prestar assistência religiosa aos imigrantes açorianos.
Arquitetada pelo professor italiano de Belas Artes, João Batista Giovenale, o templo caracteriza-se pelas linhas que revelam traços da Arte Renascentista.
O contraste entre os três corpos salientes (frontispícios e torre), com intervalos na altura dos terraços sobre as naves laterais, dá ares de contemporaneidade ao local. Aceita reservas para eventos e celebrações especiais, disponibilizando o templo e salão nobre (antiga cripta).
Horário de missas:
De segunda a sexta: 7h30 e 18h30.
Sábado: 17h e 18h30.
Domingo: 8h30, 10h e 18h30.

Theatro São Pedro

Theatro São Pedro photo 1

Localizado no centro da Capital, em frente à conhecida Praça da Matriz e em meio a prédios antigos da cidade, o Theatro São Pedro, conservado em sua estrutura Neoclássica, foi fundado em 27 de junho de 1858.
Ao passar dos anos, o local foi palco de peças e manifestações artísticas, sociais e políticas no estado, além de armazenar em sua história diversas vocações e tendências, unindo o simples ao notável.
No ano de 1972, o teatro fechou as portas pela falta de segurança e má conservação. Em 1975, depois de densa estimativa, conclui-se que o local passaria por uma reconstrução.
Com sugestões de arquitetura de Eva Sopher, o teatro retomou suas atividades no dia 28 de junho de 1984. Quase 23 anos depois houve a primeira reforma, corrigindo problemas como infiltrações em determinados locais da casa, bem como suas aberturas, entre outros locais de acesso administrativo.
Hoje difundindo a cultura regional, nacional e internacional, o Theatro São Pedro é referência na capital gaúcha com apresentações e eventos de danças, peças teatrais, música, exposições, além de outros espetáculos.
Um dos pontos que chamam a atenção no teatro é o lustre confeccionado com pelo menos 35 mil peças em cristais. O forro, que tem como fundo a fauna e a flora do estado, foi pintado pelos artistas locais Carlos Antônio Mancuso, Léo Dexheimer, Plínio Bernhardt e Danúbio Gonçalves. 
Também se sobressai o Memorial do Theatro São Pedro, um espaço de exposições, cujo o objetivo é resgatar a memória fotográfica e jornalística do teatro gaúcho. O local apresenta infraestrutura com 165 m² distribuídos em galeria e três salas de exposições. A entrada é franca.

Laçador

Com 32 anos de experiência, a Churrascaria Laçador serve diariamente, rodízio de espeto corrido com 18 variedades de carnes, como picanha, filé, vazio e costela. Oferece ainda no horário de almoço, sistema de bufê executivo com 25 pratos quentes, saladas e sobremesas.
À noite dispõe de serviço à la carte. A carta de bebidas lista cervejas como Serramalte, além de drinques, refrigerantes, sucos, vinhos e destilados. A casa dispõe de ampla estrutura disposta em três ambientes, apresentando decoração contemporânea. Músicas de diversos estilos animam o local.

Parque Cascata do Caracol

Parque Cascata do Caracol photo 1

Localizado a sete quilômetros do centro de Canela, a Cascata do Caracol é um dos pontos turísticos mais visitados da Serra Gaúcha. A água percorre uma formação basáltica e despenca do topo em queda livre de 131 metros.
A estrutura oferecida pelo parque conta com um mirante localizado a mais de 150 metros da base da cascata e uma escada ecológica de 927 degraus que conduz até esta base. Além disso, o local possui áreas de lazer, feira de artesanato e restaurante.

Belvedere - Vale do Quilombo

Belvedere - Vale do Quilombo photo 1

Mirante frente a uma exuberante paisagem, mostrando o quanto Gramado é privilegiada e dotada pela natureza. São 850m de altitude que vislumbram o turista.

Igreja São Pedro

Igreja São Pedro photo 1

A Paróquia São Pedro realiza missas de segunda a sábado às 18h30. Aos domingos a igreja conta com quatro celebrações, em horários alternados, bem como às 7h30, 10h30, 17h e 19h.

Palácio dos Festivais

Palácio dos Festivais photo 1

O Palácio de renome internacional destaca-se por sediar um dos maiores eventos cinematográficos do país: O Festival de Cinema de Gramado.
O evento recebe celebridades e cinéfilos do Brasil e América Latina e lança no mercado filmes de curta, média e longa metragem.
A estrutura do Palácio dos Festivais, em estilo colonial, se sobressai com a fachada ornamentada pelo Kikito. Confeccionado pela artista plástica Elizabeth Rosenfeld, o Kikito é o prêmio máximo do Festival, simbolizando o deus do humor.
A sala de projeção possui variada programação durante o ano com exibições de filmes sextas, sábados e domingo, às 20h30. Durante as férias de verão e inverno, as sessões são exibidas diariamente, às 20h30.

Lago Negro

Lago Negro photo 1

Um dos pontos turísticos mais visitados de Gramado, o Lago Negro, foi construído por Leopoldo Rosenfeldt, que decorou suas margens com árvores importadas da Floresta Negra na Alemanha, dando origem ao seu nome.
Caracteriza-se pelas suas águas profundas de um tom verde escuro que constrata com o colorido das azaléias e das hortênsias no verão.
O local disponibiliza diversas atividades de lazer como passeios de lancha, ciclismo, trilhas e pedalinho, disponível diariamente, no horário das 8h30 às 19h. Além disso, conta com estabelecimentos gastronômicos próximos à orla.

Praça da República

A Praça da República localizada no centro da cidade de Nova Petrópolis é conhecida também como Praça das Flores.
Possui diversos canteiros recheados de espécies coloridas, que agradam a vista de seus visitantes e a torna cenário para belas fotos.
O Labirinto Verde que fica dentro da praça, é um local constituído de ciprestes que em seu montante forma as paredes do labirinto.
A visitação é gratuita e aberta ao público.

Ninho das Águias

O Ninho das Águias está localizado a noroeste de Nova Petrópolis, a dois quilômetros no sentido Caxias do Sul, na localidade da Fazenda Pirajá. O local possibilita uma visão panorâmica de 270 graus da região do Vale do Caí, sendo ponto ideal para a prática do voos livres.

Paróquia São Pelegrino

Paróquia São Pelegrino photo 1

Considerada patrimônio artístico de Caxias do Sul, a igreja São Pelegrino tem sua história vinculada à imigração italiana e fundação da cidade.
Em 1893 foi celebrada a primeira missa, bem como em 1953 foi inaugurada a nova matriz, no bairro São Pelegrino.
Relógio Floral, Relógio da Torre, Réplica de Pietá (Michelangelo), bem como portas de bronze do escultor Augusto Murer são algumas características artísticas da Paróquia São Pelegrino.
Destaque para a Estátua de bronze do Padre Giordani e Memorial da Pedra Fundamental da igreja São Pelegrino.
As missas são realizadas de segunda a sexta, às 17h e às 18h30. Quinta, às 16h e às 18h30. Sábado, às 17h. Domingo, às 8h, 10h, 17h e às 19h45.

Réplica de Caxias do Sul de 1885

A Réplica de Caxias do Sul de 1885 conta com conjunto arquitetônico com 20 casas de madeira em homenagem ao centenário da colonização italiana.
Reproduz a Catedral Diocesana e o coreto, além das principais avenidas e ruas de Caxias do Sul, conforme as características da época.
Mediante reserva de grupos (15 ou 30 pessoas), o espetáculo som e luz convida o visitante a conhecer característivas, narrativas e músicas do início da colonização italiana em Caxias do Sul.

Parque da Guarita

Parque da Guarita photo 1

Considerado um dos belos cartões postais de Torres, o Parque da Guarita localiza-se no balneário Praia da Cal.
A paisagem é composta por morros, lagos e faixa de praia preservados, com destaque para a Praia da Guarita.
É possível praticar atividades esportivas, passeios e caminhadas em suas trilhas e escadarias. Conta ainda com passeios monitorados, de quarta a domingo.

Parque da Santa Cruz

Localizado na antiga pedreira chamada Monte Verde, a poucos minutos do centro de Santa Cruz do Sul, o Parque da Santa Cruz foi inaugurado em novembro de 1996.
Possui uma área verde de 12 hectares, onde erguem-se paredões compostos por três tipos de rocha com 60 milhões de anos: Basalto, Arenito e Buxito. Num dos paredões de arenito está esculpido uma figura de Cristo com 4 metros de altura. Na parte baixa, um anfiteatro com capacidade para 800 pessoas sentadas recebe atos místicos, artísticos e religiosos. Na parte alta, sobre os paredões, encontra-se um cruzeiro de 20 metros de altura iluminado com neon, que pode ser visto de qualquer ponto da cidade e municípios vizinhos. Do alto do parque, é possível ter uma visão panorâmica da cidade de Santa Cruz do Sul, com o cinturão verde e o lago dourado ao fundo.