Sua região é

Notícias

Imóveis em Curitiba

É melhor alugar casa por imobiliária ou fazer um contrato particular?

Negociar direto evita o custo da intermediação, mas pode resultar em dor-de-cabeça

Proprietários de imóveis para locação, muitas vezes, se veem diante de um impasse: é melhor procurar uma imobiliária de confiança para fazer a intermediação e arcar com esse custo ou procurar um locatário por conta própria?

Quem opta pela segunda opção precisa estar ciente do trabalho e dos riscos que correrá, caso não escolha um bom inquilino. Já quem contrata uma imobiliária está disposto a gastar mais para ter mais comodidade e segurança no recebimento do aluguel e na manutenção do imóvel.

Muitos proprietários procuram as imobiliárias principalmente depois de terem tido aborrecimentos na locação direta, como atrasos no recebimento do aluguel, problemas na conservação do imóvel ou inadimplências nas contas de água, luz ou condomínio. A diretora da Otimóveis Imobiliária, Miriam Muller, explica que na locação particular geralmente os contratos são feitos sem nenhum cuidado com as garantias necessárias, enquanto as imobiliárias estão em contato direto com órgãos como o Secovi, cuja assessoria pode dar a garantia de um contrato sem falhas. Ela também lembra que as imobiliárias têm vistoriadores, que registram com fotos a condição do imóvel antes da locação, o que dificilmente acontece no contato particular e contribui para que o imóvel sofra danos a cada locação.

Facilidade para alugar

Outra vantagem do serviço oferecido pelas imobiliárias é a rapidez na efetivação da locação, em virtude da ampla divulgação do imóvel em sites e jornais, além da empresa já contar com clientes cadastrados que são potenciais candidatos. Além disso, o proprietário não tem contato com o inquilino, o que toma a locação mais profissional e tem a comodidade de não ter que se preocupar em conferir condomínios, contas de energia ou impostos.

Intermediação da Imobiliária

O ponto que não agrada muito os proprietários de imóveis na hora de contratar uma imobiliária para fazer a intermediação da locação é o pagamento da taxa administrativa, que gira em torno de 10%. Além desta taxa, algumas imobiliárias ainda oferecem ao proprietário a opção do serviço com garantia de aluguel. Para isso, o dono do imóvel paga mais uma taxa que varia de 10% a 12% sobre o valor do aluguel mensal. O locador que optar pelo sistema normal sem a garantia de aluguel, paga apenas a taxa de administração de 10% para a imobiliária.

Cuidados na locação particular

O proprietário que optar por não contratar os serviços de uma imobiliária na intermediação do aluguel de seu imóvel precisa ficar atento e escolher muito bem seu locatário, além de redigir um bom contrato. Caso contrário, a economia feita no pagamento da imobiliária pode resultar em prejuízo, caso o inquilino deixe de pagar o aluguel e as contas de água, luz e condomínio, por exemplo, ou mesmo estrague o imóvel. Outro problema comum é a dificuldade para fazer o mau inquilino desocupar o imóvel. Em alguns casos é preciso recorrer à Justiça.

Dicas para o locador

- Selecione bem o inquilino e não deixe se levar pela aparência.

- Verifique se o candidato, tem nome "sujo" na praça ou é alvo de ação judicial. Facilmente, com o CPF, se faz uma varredura nos sites da Receita Federal e da Justiça.

- Já que vai buscar informações, verifique em que condições entregou os últimos imóveis.

- Entrar em contato com o empregador do futuro locatário também ajuda na avaliação.

- Exija garantia: seguro fiança, cheque caução de três aluguéis e fiador.

- Faça triagem também no fiador para evitar golpe do fiador (que aluga a assinatura da fiança e avaliza com falsos bens).

- Se o fiador é casado com comunhão de bens, o cônjuge também assina o contrato e responde por ele, ainda que o bem não esteja em seu nome.

- Além de RG e CPF originais, devem ser checados comprovantes de renda, a autenticidade da certidão do imóvel que será garantia (no cartório de registro), ações judiciais e cadastro em serviços de proteção ao crédito.

- Redija um bom contrato. Para especialistas, é melhor ser óbvio e redundante do que arcar com prejuízos futuros.

SXC / 

As imobiliárias informam que tem crescido o número de proprietários que procurar o serviço, principalmente depois de terem tido aborrecimentos na locação direta
Foto:  SXC


Comente esta matéria

Mais Notícias

Mapa do Site - Dúvidas Frequentes - Fale Conosco - Anuncie | © 2006 hagah.com.br. Todos os direitos reservados.