Sua região é

Notícias

Conteúdo: agricultura-e-pecuaria

Dicas para se ter uma horta em casa

Segundo agrônomo, cuidados com a iluminação e a irrigação são importantes para que as hortaliças se desenvolvam bem!

Já imaginou preparar um prato no almoço ou no jantar e utilizar algumas hortaliças que você mesmo plantou? Muita gente gostaria de ter uma horta em casa, mas em vários casos, falta espaço e algumas informações básicas de como preparar um lugarzinho para as hortaliças. É preciso cuidar com a iluminação, a irrigação e deixar as possíveis pragas bem longe das plantações.

Segundo o engenheiro agrônomo da Carrér Agrícola, Marcos Rodrigo Poletto, o local ideal para uma horta deve ser preferencialmente plano, próximo a uma fonte de água e bem ensolarado. “Primeiramente devemos fazer a preparação do terreno, que começa com a limpeza da área. Em seguida, deve ser feita a calagem, utilizando calcário, para neutralizar a acidez do solo, que não pode estar encharcado”, explica Poletto. Para quem mora em apartamento, a dica é utilizar vasos e floreiras, com buracos no fundo para favorecer a drenagem. “O recipiente é preenchido com uma camada de 5cm de pedra brita e outra de areia (5cm). Por fim, completamos o vaso com solo misturado com adubo orgânico”, acrescenta o agrônomo.

Para qualquer tipo de plantação, é importante cuidar com a iluminação. De acordo com Marcos, “a luz solar é de extrema importância para o crescimento das plantas, uma vez que essa energia luminosa é convertida em energia química, através da fotossíntese”. O ideal é que a horta receba incidência solar durante todo o dia. A irrigação deve ser diária, nas horas mais frescas do dia, preferencialmente no início da manhã e no final da tarde.

Se você está na dúvida de qual hortaliça cultivar numa horta caseira, todas são indicadas. Segundo Marcos, dependendo da espécie, o ideal é optar por mudas pré-formadas em bandejas de isopor, como alface, almeirão, escarola, couve, beterraba, cebolinha, repolho, brócolis, pimentão, tomate, entre outras. “As mudas têm crescimento uniforme, são transplantadas em média com 30 dias para os canteiros, evitando as condições variáveis do ambiente quando são semeadas diretamente no solo”, esclarece o especialista. Para quem mora em apartamento, o ideal é optar por hortaliças de pequeno porte, como salsinha, cebolinha, rabanete, alface e escarola.

Não se esqueça de ficar de olho nas pragas. Infelizmente elas podem aparecer e, caso isso aconteça, o controle de pragas em uma horta caseira pode ser feito a partir de práticas simples, sem o uso de produtos químicos. “Para pulgões e lagartas, a dica é dissolver 50g de sabão neutro em 5 litros de água quente e em seguida pulverizar sobre as plantas. No caso das formigas, a sugestão é moer carvão vegetal ou casca de ovos e fazer uma barreira em volta dos canteiros. Para as lesmas, podemos utilizar sacos molhados com água ou leite, estendendo os mesmos entre os canteiros durante a noite, o que vai atrair as lesmas”, acrescenta o agrônomo, que ainda orienta: “os produtos devem ser aplicados duas vezes por semana, quando surgirem os primeiros focos das pragas. Após a aplicação, esperar de dois a três dias para consumir as hortaliças”.

E aí, que tal colocar em prática o projeto da horta caseira?

HAGAH
Sxc / Divulgação

O ideal é que a horta receba incidência solar durante todo o dia
Foto:  Sxc  /  Divulgação


Comente esta matéria

Mapa do Site | Dúvidas Frequentes | Fale com o hagah | Anuncie

© 2006 - 2013 hagah.com.br

Todos os direitos reservados

Grupo RBS