Sua região é

 

Encontre tudo o que você precisa para sua casa no hagah. Decoração, arquitetura, jardinagem, construção, segurança, móveis e muito mais em Porto Alegre e no RS.

 

Notícias

Construção e reforma

Painéis e revestimentos dão diferencial às paredes internas

Confira dicas de arquitetos para decorar as paredes de diversos ambientes da sua casa

Além das cores e texturas para as paredes internas, materiais diversos podem trazer muito charme aos ambientes da sua casa. Em cada cômodo uma parede é escolhida para ser destacada. Você pode também usar revestimentos para os detalhes, comprar painéis já prontos ou montá-los conforme seu gosto.

Áreas onde há vapor e respingos d´água, como banheiros e cozinha impõem certo limite na escolha de materiais. Nos outros espaços a liberdade para o uso de coberturas é maior. "A ideia é aliar a questão estetica com funcional, não adianta usar um material que não vai se adaptar bem ao ambiente", explica a arquiteta Cristiane Finkelstein, da Salus Arquitetos Associados. Antes de decidir que tipo de material escolher, deve-se observar se a parede não está com problemas de umidade ou infiltrações. Se este for o caso, você deve tratar o problema de imediato, para então começar a decorar.

Quarto
A parede da cabeceira é mais sugerida para ser valorizada. Se for pintura, poder ser escolhida uma cor vibrante, contrastando com as demais. Madeira, papel de parede, tecido, móvel sob medida com profundidade e espaço utilitário. O arquiteto Fernando Schwalm também sugere destacar a cabeceira em si. "Fazemos um estofamento em uma altura maior que a de costume para dar conforto, poder se encostar para tomar café-da-manhã ou ler um livro, por exemplo". cabeceiras 


















ERIKA KUPAK


 




























A arquiteta Elenara Leitão gosta de indicar fotos adesivadas ou papéis de parede. Para evitar qualquer problema com umidade ela indica colocar uma lona por trás do adesivo. No lugar do papel de parede também é possível usar tecido. O indicado é consultar um profissional do ramo, um colocador de tecido, para ajudar a escolher o melhor tipo de fio, um que não enrrugue e aceite bem a cola.  
 
No quarto do bebê é interessante forrar a parede do trocador de fraldas para evitar qualquer batida. Anexado na parede o estofador prepara uma chapa de madeira, uma camada de espuma e forra com tecido.

A arquiteta Cristiane Finkelstein dá outra ideia para proteger parede da cama ou berço. "A gente usa lambris de lata em meia parede, são placas de MDF com pintura de lata poliuretana que fecha os poros da madeira". Ela explica que além da proteção o uso do material confere aconchego, pois é mais quente do que se enconstar na parede fria, por exemplo. Outra sugestão é o laminado melamínico com aparência amadeirada e outras padronagens.
Quarto bebe

  

















Sala

A parede que dá suporte a televisão ou abriga a lareira é, geralmente, a mais valorizada. Elenara explica que ao investir em um projeto estrutural é importante escolher materiais mais nobres e atemporais e deixar para ousar em itens pontuais como móveis e cortinas, que podem ser renovados de tempos em tempos sem muito custo.

O arquiteto Fernando concorda, ao compor os móveis da sala ele sugere usar sofás em tom neutro e liberar a criatividade para as poltronas e almofadas. "São peças coringa, você troca os tecidos, pinta a parede e assim muda completamente a decoração".parede TV




















A madeira é um dos materiais mais escolhidos para a parede da sala. Ela pode ser utilizada como revestimento, em móveis sob medida ou como painel. Para revestimento, Fernando costuma usar madeiras mais rústicas, mandar fazer madeira jateada (tábuas unificadas) ou madeiras de demolição. "Sempre com as veias aparecendo", explica.

Elenara conta que é bom garimpar. "De uma porta ou janela bonita de demolição se pode fazer um painel e colocar na parede com fotografias. É questão de encontrar um material e saber brincar com ele".
 
Pedras conferem um ar de sofisticação ao ambiente. A arquiteta Elenara indica a canjiquinha de mármore, "um estilo de pedra que não cansa visualmente". Outra sugestão é o mármore travertino. Em lojas de cerâmica é possível encontrar paineis prontos à venda, com ou sem relevo.
 
E um hall projetado por Cristiane, ela optou por um acabamento de palha. “É tipo um papel de parede com uma trama por cima, vem em rolos e é aplicado com cola”. Porém, o material exige cuidados específicos de manutenção: não se pode molhar ou passar pano úmido, o pó deve ser tirado com espanador. Este tipo de palha é oferecido em várias lojas de revestimentos. SALA CRISTIANE




























Entre os lançamentos do setor, existem as placas de madeiras recompostas em várias texturas e relevos, algumas inclusive com detalhes imitando mármore entre outros materiais.

Revestimentos cimentícios são contemporâneos e podem ser usados tanto no piso quanto nas paredes. Há vários tipos de desenhos, imitando pedras e composições autorais de artistas. “Em uma parede lateral da escada ou sobre a lareira ficam lindos!”, exclama a arquiteta Cristiane. Entre as principais vantagens estão a facilidade de limpeza e aplicação.

Banheiro 

O banheiro é o local dos espelhos. "Quando o espaço é pequeno, costumo estender o espelho da parede do do lavatório até sobre o sanitário", conta o arquiteto Fernando. Em vez dos tradicionais armários ele indica colocar prateleiras de vidro coladas sobre o espelho ou prateleiras sob a pia. Um material interessante é a laca alto-brilho, que pode ser usada em alguns pontos ou em toda a bancada. 
 
Uma prática muito comum nas paredes do banheiro é utilizar pastilhas de vidro. "Na parede inteira acho um pouco pesado, gosto de usar em detalhes, em listras, mesclar com reboco, e no piso também pode ser feito", Elenara Leitão. Banheiros





















Por não ter chuveiro e por isso não acumular umidade, os lavabos permitem mais criações como as utilizadas em salas ou quartos, por exemplo.

Cozinha
Unir o mesmo material entre o tampo e o armário aéreo é uma sugestão interessante. A proteção do mármore, granito, selestone (material que imita o granito) ou cerâmica é necessária por causa da gordura e água que respingam.
 
Em cozinhas gourmet, utilizadas pelo dono da casa esporadicamente, materiais mais ousados podem ser aplicados. Como é um espaço onde os moradores podem receber convidado, merece requinte. Chapas de aço, alumínio inox, madeira são algumas opções. Um material diferente que Fernando indica á a pastilha cromada: “ela imita o aço inox, mas é feita de cerâmica com uma camada de pintura eletrostática”. Outra dica são as pastilhas de vidro e ainda o laminado melamínico com aparência amadeirada e outras padronagens.
 
Para quem quer mudar a cara do ambiente com facilidade o arquiteto sugere armários com portas de vidro. "A gente coloca adesivos ou insufilme colorido e reflexivo, que parece um espelho".
Cozinha 

















HAGAH RS

Comentários

MONICA

Denuncie este comentário

Tenho que reforma minha casa, já rasurei várias ideias mas, preciso urgente de dicas de profissional. Quero casa simples e confortável onde tenho prazer de ficar. Atualmente tem dois quartos c/muita umidade preciso resolver sem muito gasto. E, Gostaria de ajudasse como poderia fazer na frente da casa(jardim),moro nos fundos. Mando fotos se alguém se dispor a me socorrer.

Mapa do Site | Dúvidas Frequentes | Fale com o hagah | Anuncie

© 2006 - 2013 hagah.com.br

Todos os direitos reservados

Grupo RBS