Cuidados com a segurança residencial evitam transtornos durante as férias


Publicado por hagah em 04/01/2013 , atualizado em 15/01/2015

Com a chegada das férias, muitas famílias deixam suas residências, buscando diversão e tranquilidade longe da rotina diária. Entretanto, deixar a residência sozinha requer atenção e cuidados quanto à segurança interna e externa do imóvel. Segundo Marilia Gonzaga, diretora geral da Administradora de Imóveis Gonzaga, casas vazias se tornam atrativos para invasões. Estar ciente das atitudes que possam dificultar esses imprevistos previnem o morador de ser surpreendido por situações indesejáveis.

Antes mesmo de sair de casa, alguns cuidados podem ser tomados. Comentar sobre a ausência e sobre detalhes da viagem devem ser feitos somente com pessoas de confiança e que possam ajudar a cuidar da residência na ausência dos moradores. “Divulgar detalhes da viagem para desconhecidos contribui para que saibam o dia do embarque e retorno, calculando o período em que a residência ficará sozinha”, diz Marilia. Segundo ela é aconselhável que alguém de confiança faça a manutenção do local: “Sinais de abandono significam muito para bandidos de prontidão”.

Outros procedimentos preventivos também podem ser adotados para aumentar a segurança externa. É possível reforçar as entradas para a casa com trancas e cadeados internos, evitando que fiquem do lado externo do portão. As portas no interior da residência também podem ser trancadas, dificultando o deslocamento na parte de dentro da casa. Antes de sair, os dispositivos de segurança também devem ser verificados e, se possível, não deixar valores guardados dentro da residência, mesmo em cofres.

Cuidados com a segurança interna do local também são importantes a fim de evitar incêndios, infiltrações, odores e preocupações com a manutenção. Os registros de água devem ser fechados, assim como a válvula de gás da cozinha. O cuidado com as tomadas é imprescindível e durante a ausência, todos os eletrodomésticos devem ser desligados. Se a viagem for longa, não é indicado deixar frutas e verduras, ou alimentos prontos, que podem estragar, causar mau cheiro ou atrair ratos e baratas.

A diretora ainda dá um importante conselho: pagar antecipadamente faturas como luz, água, condomínio e aluguel. “Os contratos de aluguel contemplam descontos para pagamento no primeiro dia útil do mês. Fora desse prazo, não há como fornecer o benefício, porque é uma bonificação por pontualidade. Então, no caso de viagens, é uma boa precaução programar estes pagamentos,” ressalta.

Fonte: Comunicare